Palenque
Arriba Tours
Palenque Sítios Arqueológicos
Palenque

A área aberta até 2005 abrange 2,5 quilómetros quadrados, mas estima-se que menos de 2% da área total tem sido explorado. Em 1981, Palenque foi designado "Parque Nacional" e declarou pela UNESCO "Património Mundial", em 1987.

Na época da conquista do México, no século XVI, a cidade já estava abandonada. O primeiro europeu a visitar Palenque foi Fray Pedro Lorenzo de Nada em 1567. Naquela época, a região era conhecida pelo povo Chol como "Otolum", que significa "Terra de Casas Fortes"; palavra que assim do nada, foi traduzida por "Palenque" (palavra Catalã "PALENC") que significa "fortificação

Acredita-se que os maias fundaram esta cidade, também conhecida como: Lakam Ha "Lugar de muitas águas" durante o período de formação (2500-300 a C.).

A população cresceu durante o período pré-clássico (200-600 a. C) de ser apenas uma cidade, tornou-se a capital da região de B'akaal "osso", na área de Chiapas e Tabasco, no período clássico tardio (600-900 a. C). A estrutura mais antiga descoberta até hoje foi construída no ano 600.

B'akaal foi um importante centro da civilização maia entre os séculos V e IX, durante os quais alternam períodos de glória e desastre, alianças e guerras. Em mais de uma ocasião, ele fez alianças com Tikal, a outra grande cidade maia de tempo.

Governantes de B’akaal afirmavam que a origem de sua linhagem veio de um passado distante, mesmo vangloriavam-se de que eles vieram dos tempos pré-históricos, chegando à criação do mundo atual, o que, na mitologia maia, foi no ano de 3114 aC.