Cantona
Arriba Tours
Cantona Sítios Arqueológicos
Cantona

Provavelmente, o nome significa "Casa do Sol". Ela foi uma das cidades com o maior grau de urbanização nos tempos antigos, provavelmente fundada por grupos olmeca-xicalanca no final do período pré-clássico tardio (250 dC). O tempo de seu pico corresponde ao período de Mesoamérica Epiclássico (600 - 1000 dC), quando Teotihuacan já não era o principal centro de poder na região. Cantona controlava os recursos da Sierra Madre Oriental.

Tem havido alguma pesquisa arqueológica e trabalho de resgate no sítio, onde podemos ver apenas cerca de 10 por cento, talvez menos.

A superfície do assentamento pré-histórico ocupa cerca de 12 quilômetros quadrados, divididos em três unidades, das quais a maior é ao Sul, 5 km ². Em Cantona foi descoberto vinte quadras de jogo de bola, mais do que qualquer outra cidade da Mesoamérica e muitas pequenas pirâmides. Ele tem uma alta acrópole, saliente do resto da cidade, onde os principais edifícios foram construídos. Lá vivia a elite dominante e os sacerdotes, e os templos das divindades mais importantes estavam lá.

Acredita-se ter sido povoada por toltecas, que se dedicavam principalmente na agricultura e no comércio, especialmente de obsidiana, que eles obtinham a partir das montanhas que cercam a cidade. Após invasões Chichimecas no século XI, Cantona foi abandonada.